Cultivar

Produza cogumelos saudáveis e sempre frescos na sua casa, varanda ou jardim.

Conservar

Os nossos micélios devem ser refrigerados após a entrega num frigorifico limpo. O micélio é um organismo vivo que deve ser manuseado com cuidado e ser utilizado o mais prontamente possível, para que se mantenha vigoroso e não perca qualidade.

Selecionar o substrato

Escolha troncos saudáveis, sem sinais de contaminação aparente.
A madeira deve ser inoculada de uma a três semanas após o corte, e deve evitar-se o seu contacto com o solo desde o momento do corte à inoculação. Queremos inocular um tronco sem outros fungos competidores.

Os troncos podem ser hidratados, por imersão ou rega antes da inoculação.
Tenha sempre em atenção a origem da madeira, certifique-se que é proveniente de fontes responsáveis, preferindo matéria de podas e evitando as de abates não seletivos. Respeite a floresta.

cultivar1

Os troncos a inocular devem ser de Quercus (carvalho, azinheira, sobreiro) ou castanheiro preferencialmente, mas no caso do shiitake também podem ser utilizados troncos de eucalipto. Os troncos de choupos e outras madeiras menos densas poderão ser utilizadas. Geralmente frutificam mais rápido mas têm um período de produção mais curto (2-3 anos) e estão mais sujeitas a contaminações do que madeiras mais densas e de decomposição mais lenta. Não se devem usar troncos de Pinheiros (Pinus sp.), e devem evitar-se os de árvores de fruto.

Inocular

Para inocular faça furos com uma broca de madeira de 8mm, ou com uma broca de alta velocidade adaptada para rebarbadora se for inocular grandes quantidades de madeira. Os furos devem estar espaçados entre si cerca de 10 a 15 cm, formando losângulos entre si. (ver imagem)

cultivar2

Para troncos mais grossos, temperaturas de incubação mais baixas e madeiras mais densas aconselha-se o uso de mais cavilhas do que para troncos mais finos, temperaturas de incubação mais elevadas e madeiras menos densas.

Inserir uma cavilha por furo, de preferência com um martelo de borracha ou de madeira. Atenção para manusear as cavilhas com as mãos lavadas e desinfetadas ou com luvas. Deve passar as mãos ou as luvas por álcool regularmente para não contaminar as cavilhas que está a introduzir nos troncos.
Depois de introduzir as cavilhas pode selar cada furo com cera de abelha ou cheesewax se achar conveniente, no entanto a selagem dos inóculos em cavilha não é obrigatória. Para isso utiliza-se um pequeno recipiente com a cera que se coloca numa fonte de calor (placa elétrica ou banho-maria) para derreter. Pincele o local de inserção com cera quente, tendo o cuidado de não estar muito quente para não danificar o micélio. Deixe arrefecer. O inóculo está agora selado dentro da madeira.

cultivar3
Incubar

Agora o micélio vai demorar algum tempo até colonizar todo o tronco e estar apto para produzir cogumelos. 6 a 12 meses para Shiitake (Lentinula edodes) e 3 a 6 meses para espécies de crescimento mais rápido como é o caso do Pleurotus (Pleurotus ostreatus) .
Uma vez incubado um tronco pode produzir durante 3 a 5 anos se mantido nas condições ideais. Para isso, empilhe os troncos num local sombrio e abrigado, regando frequentemente (ver imagem) ou coloque os troncos de uma mesma espécie dentro de um saco (caso seja pequena produção caseira), de maneira que possa respirar mas fechado o suficiente para que possa manter a humidade. Para isso recomendamos que fure o saco com uma agulha grossa em diversos pontos antes de introduzir os troncos. Guarde o saco com troncos num local ao abrigo da luz, a cerca de 20ºC, até que o cogumelo colonize completamente os troncos.

cultivar4
Frutificar

No caso do Shiitake a frutificação só deve ser induzida depois das extremidades dos troncos passarem de branco a castanho, uma reação que nos diz que os troncos estão prontos para iniciar a frutificação. Se a frutificação for induzida cedo demais corremos o risco de ter menos cogumelos do que teríamos se o micélio tivesse tido tempo para amadurecer dentro do tronco.
Passado o tempo de incubação, os troncos agora colonizados pelo cogumelo estão prontos a frutificar. Podemos agora induzir a frutificação, mergulhando os troncos em água fria durante 12 a 24 horas. Depois de retirados da água, os troncos de shiitake devem ainda levar uma pancada com um martelo de borracha ou ser batidos no chão (sem danificar), para que um choque mecânico ajude a induzir a frutificação provocada pela libertação de dióxido de carbono retido no tronco. (Ver imagem) Estes choques, na natureza, indicam ao cogumelo que é a altura certa para frutificar.

cultivar5

A melhor época para frutificar troncos é no Outono e na Primavera, quando as condições de humidade e temperatura exteriores são mais próximas das que querem ter os nossos cogumelos. No verão há pouca humidade e demasiado calor e no inverno o frio atrasa o crescimento. Deve borrifar regularmente os troncos que estão a frutificar, para que os cogumelos que estão a crescer não desidratem.

Colheita

Apanhe os cogumelos antes de abrir o chapéu por completo, ainda com as margens viradas para baixo, torcendo o pé ou cortando com uma faca. Depois de colher completamente os primeiros cogumelos deixe os troncos repousar num local arejado, ao abrigo do sol.
Deve ter especial cuidado no verão, regando regularmente para que o tronco não estale nem perca humidade. O micélio prefere descansar no mínimo 2 a 3 meses entre cada frutificação.

Bom apetite!

cultivar7

Para mais informações por favor contacte-nos.

Contactos